“Somos o que fazemos repetidamente. Por isso, o mérito não está na ação e sim no hábito." ( Aristóteles )


sexta-feira, 26 de abril de 2013

A MUDANÇA DO ENVELHECER

Arnaldo Antunes - Envelhecer (Acústico MTV)



O passar dos anos nos coloca frente a frente com mudanças no corpo, na pele, nos pensamentos, na postura diante da vida. 
Deixamos pra trás algumas coisas boas e outras não tão boas, próprias de cada fase da vida; e passamos a conviver com novas perspectivas de vida, não tão boas e também outras muito boas. 
A passagem de um estado a outro, seja físico ou interno - qualquer  mudança... é um tempo confuso, de constatações, avaliações, possibilidades, medo do desconhecido e incertezas; mas passado esse tempo, vem a calmaria, aquela em que nos sentimos  confortáveis dentro do novo. 
Assim como é quando fazermos reformas na nossa casa, na nossa vida, as transformações podem ser difíceis quando estamos no processo mas, com o tempo vai-se enxergando a essência do que ficou melhor e o que de fato é mais importante. 

Muito bom esse texto de Fabrício Carpinejar:

DEPOIS DOS 35 ANOS 

"A cantora e ex-primeira dama da França, Carla Bruni, falou em entrevista para a revista Veja algo que acredito muito.
Que depois dos 35 anos, a beleza é resultado da simpatia, da elegância, do pensamento, não mais do corpo e dos traços físicos.

A beleza se torna um estado de espírito, um brilho nos olhos, o temperamento.

A sensualidade vai decorrer mais da sensibilidade do que da aparência.

Uma mulher chata pode ser bonita antes dos 35 anos.

Uma mulher burra pode ser bonita antes dos 35 anos.

Uma mulher egoísta pode ser bonita antes dos 35 anos.
Uma mulher deprimida pode ser bonita antes dos 35 anos.
Uma mulher desagradável pode ser bonita antes dos 35 anos.
Uma mulher oportunista pode ser bonita antes dos 35 anos.
Uma mulher covarde pode ser bonita antes dos 35.

Depois, não mais, depois acabou a facilidade. Depois o que ilumina a pele é se ela é amada ou não, se ela ama ou não, se ela é educada ou não, se ela sabe falar ou não.
Depois dos 35 anos, a beleza vem do caráter. Do jeito como os problemas são enfrentados, da alegria de acordar e da leveza ao dormir.
Depois dos 35 anos, o sexo é o botox que funciona, a amizade é o creme que tira as rugas, o afeto é o protetor solar que protege o rosto.

A beleza passa a ser linguagem, bom humor. A beleza passa a ser inteligência, gentileza.
Depois dos 35 anos, só a felicidade rejuvenesce." (  Fabrício Carpinejar )


Muito boa também a crônica do professor e jornalista  Hélio Consolaro - Blog do Consa,
O que os homens com idades entre 48 e 68 anos pensam das mulheres depois dos 50 anos-
O resultado surpreende.

Mais de 50 - por Ilana Ramos

O complexo feminino com o próprio corpo faz com que, especialmente depois que elas passam dos 50 anos, sua autoestima sofra um sério baque ao folhear as revistas na sala de espera do consultório médico. Corpos perfeitamente torneados, maquiagens elaboradas e aparência jovem parecem ser tudo aquilo que atrai os homens em uma mulher. No entanto, não são esses aspectos que a ala masculina valoriza quando busca um relacionamento. Buscamos a opinião de homens com idades entre 48 e 68 anos e descobrimos qual a opinião deles sobre as mulheres maduras. E o resultado surpreende as desavisadas.

Aquela celulite "grita" toda vez que você se olha no espelho? Ou a maquiagem nunca mais vai ter o mesmo efeito, pois agora ela tem que brigar com os pés-de-galinha fininhos do canto do olho? Geralmente, esses detalhes chamam muito mais a atenção da própria mulher do que do outro. De acordo com o psicólogo clínico Vitor Sampaio, "aquele detalhe (aquela gordurinha sobrando, ou aquela sobrancelha torta, por exemplo) que parece enorme e que é a única coisa que chama atenção no espelho, de fato, só chama atenção pois está ali, próxima da 'dona' do corpo. De forma geral, buscamos o 'todo harmônico' ao olhar para os outros, mas nos detemos nos detalhes quando olhamos para nós mesmos".


Tudo aquilo que as mulheres acreditam que é fundamental para o homem, na verdade, faz pouca ou nenhuma diferença para eles. Segundo o administrador de empresas Luiz Cesar Matteucci, de 54 anos, "para as mulheres na faixa de 50 anos, um pouco de gordura e de celulite não prejudicam a imagem física delas - o exagero sim, as deixa com aspecto de desleixo e sem elegância. A primeira parte do corpo feminino que gera um encanto é o rosto, pela feminilidade, depois as pernas continuam com a sequência de beleza que me atraem". E essa é a opinião compartilhada pelo funcionário público José de Souza, de 48 anos. "Todas mulheres são atraentes, pois cada uma tem algo que atrai um homem, quer seja no caminhar, na cor da pele, dos olhos, dos cabelos, até na cor da roupa que ela veste. As partes do corpo feminino que mais me atraem são os olhos e a boca. Os olhos por serem a janela da alma e a boca por ter o sorriso".


Olhos chamam mais a atenção do que a barriga. E a celulite? Faz parte. Parece que tudo o que as mulheres achavam que eles pensavam sobre elas caiu por terra. Segundo ele, grande parte da beleza feminina, afinal de contas, vem da maneira como ela se coloca. Para Antônio de Pádua Lisardo, de 60 anos, "uma mulher atraente tem que estar bem arrumada, não tem que se vestir como uma adolescente, mas algo que fique bem nela. Que seja discreta, de preferência que esteja de vestido, mas nada muito justo. Cabelos bem arrumados, um salto não muito alto e que não esteja fumando nem falando muito alto". Esdras José de Oliveira, livreiro aposentado de 68 anos, ainda coloca: "cabelos curtos, cor natural. Também gosto deles brancos, se for o caso. Claro que ela deve ter mais de 50 anos. Gosto do clássico e a maquiagem deve ser leve. As marcas do tempo têm de aparecer, caso contrário, fica artificial, cara de boneca".


Não é nada revolucionário, mas esse tipo de informação ainda pode surpreender algumas mulheres. Vitor explica essa visão. "A atração física é a primeira atração. Ou seja, é o chamariz, aquilo que atrai o olhar. É o que permite, muitas vezes, que se possa permitir a aproximação dos parceiros. Mas o físico pode não se sustentar. Claro que isso depende de quem está se aproximando: há homens que se interessam apenas pela aparência, enquanto outros valorizam muito mais uma boa conversa, a inteligência, o humor, etc.". Não que um corpo bem cuidado não seja importante, como aponta Apio Claudio Pereira, de 67 anos. "Acho essencial cuidar do físico, por isso prefiro as mulheres mais magras. Ela tem que cuidar do corpo. Não me importa celulite ou seios caídos. Acho que é o preço que se paga ao deus Cronos. Gosto do corpo como um todo, consonante com a idade, mas bem cuidado".


Por que, então, grande parte das mulheres acredita que a aparência jovem, peito, bumbum e barriga de mulheres de 30 anos são os maiores atrativos para os homens? A resposta é simples: a mídia. Vitor diz que "peitos, bunda e barriguinha são as três principais partes do corpo que são visadas, até pela mídia. No entanto, são sexys sem serem sensuais. Explico: há uma diferença entre um decote de peitos grandes e um decote de costas, bem alinhado. A diferença é a sedução. Ao valorizar as mãos, os pés, as costas, por exemplo, a mulher valoriza a sedução, a sensualidade. Ao valorizar a bunda e os peitos, a mulher valoriza a sexualidade. Um não é pior do que o outro, mas o que ocorre é que, hoje em dia, há uma supervalorização e exposição da sexualidade, e falta sensualidade. Logo, uma mulher sensual chama mais atenção, e mexe com lados inexplorados na cabeça do homem".


Aqui, um vídeo de campanha onde mulheres são retratadas como se vêem e como são vistas.
Imagine um mundo onde beleza é uma fonte de autoconfiança e não de ansiedade.


Que todos nós, homens e mulheres, cuidemos bem da nossa saúde física, mental e espiritual; 
Que possamos reconhecer o melhor em nós;
Que nós, mulheres, saibamos ser sensuais e femininas em qualquer idade, com mais ou menos rugas registrando a história de nossas vidas...
E que nossos olhos, ainda que enrugados, reflitam uma alma leve, alegre e sábia.

18 comentários:

  1. Que lindo, Margarete. Adoro o teu blog. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida Tania. É um grande prazer te encontrar aqui.Volte sempre querida!

      Excluir
  2. Muito do bom este post!E que venham os anos..beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que venhas os anos, acompanhados de muitas emoções e vivências...Beijos!

      Excluir
  3. Delicia ver, ler e aprender com seus post.Adoro!!Beijos!

    ResponderExcluir
  4. MARAVILHOSO ESTE POST!!AMEI,AMEI,AMEI!!E CONCORDO COM TUDO!!DEPOIS DOS 35 É A BELEZA DE VERDADE QUE APARECE, A BELEZA TERNA, AFETUOSA,CONTAGIANTE!!BJS QUERIDA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa beleza é a que mais nos interessa que dure sempre né Rosana?Beijos querida!

      Excluir
  5. Oi Margarete. Tudo bem? Adorei o texto. Certa vez li que batom e unhas em tons de vermelho devem ser evitados depois dos 50. O ideal são os tons claros que não "marcam" tanto o rosto. Abços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizabeth! Tudo bem.
      Concordo com isso. Acho mesmo que marcam mais as linhas de expressão.
      Valeu a dica. Abraço!

      Excluir
  6. Oi Margarete,
    Belos textos! Nada de excesso!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. O caminho do meio parece ser sempre o melhor né Dalila? Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Ola Margaretre
    " aquela em que nos sentimos confortáveis dentro do novo.
    Muito forte e verdadeira esta cronica,o novo assusta sempre,mas se n ousarmos,n buscarmos outros horizontes vivemos uma vida de mesmice,penso eu,sem conhecer vitorias nem derrotas.Querida,linda semana para voçe,beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que penso Patrícia. Tem um pensamento de Guimarães Rosa que retrata bem o processo: "O correr da vida embrulha tudo.
      A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa,sossega e depois desinquieta.O que ela quer da gente é coragem.
      (João Guimarães Rosa)
      Linda semana pra você também. Beijos

      Excluir
  9. Realmente fiquei surpresa... com eles.

    Sabe, meu marido é mais novo que eu, e quando ele me elogia, fico sem jeito. embora ele o faça de uma forma bem natural, peculiar nele isto, muito ponderado sempre, e sincero. mas fico desconfortável rs
    Alguns desses depoimentos coadunam com a opinião do meu marido. fiquei feliz!


    Adorei a postagem, grandes lições.

    bjs





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      Que bom que seu marido faz parte dessa estatística. Mais um motivo pra você ter mais autoconfiança e menos desconforto né? Beijos!

      Excluir
  10. Marga, querida,

    Para cada idade, a sua beleza!!!

    Não adianta espernear, se detestar, se inferiorizar...sentimentos negativos, volta com doenças físicas e emocionais...perdemos tempo e VIDA!!

    Adorei sua colocação final: E que nossos olhos, ainda que enrugados, reflitam uma alma leve, alegre e sábia.

    E que tenhamos orgulho de nossa história de VIDA!!!

    Tenha uma linda noite,

    beijinhos,

    Lígia e =^^=

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada idade tem mesmo sua beleza, sem dúvida Lígia. Beijinhos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...